• Adestramento

  • Comportamento

  • Saúde

  • Cães de aponte

  • Curiosidades

Veja as melhores formas de alimentar o seu cão

Alimentação cacnina

Existem três métodos básicos de se alimentar um animal de companhia: por consumo livre, tempo controlado ou quantidade controlada. A alimentação por consumo livre consiste em deixar-se o pote de comida sempre cheio e o animal livre para decidir quando e quanto ingerir. O método por tempo controlado implica oferecimento de alimento apenas em horários predeterminados, por exemplo, das 7h às 7h30.

Nesse sistema, geralmente o proprietário coloca o alimento suficiente para que haja sobras, garantindo assim, que o animal se sacie nos horários pré-estabelecidos. No sistema por quantidade controlada, o proprietário define previamente uma quantidade, administrando esse volume em uma ou mais refeições diárias. O sistema mais simples e de maior emprego é o por consumo livre.

Este independe de conhecimentos nutricionais e minimiza a competição entre os cães. No entanto, o sistema por consumo livre não permite controle de alimentação, estando sujeito a desiquilíbrios, como consumo excessivo ou insuficiente.

Petiscos
Existem disponíveis tantos petiscos e produtos para mastigar que o escolhido por você certamente se adequará na preferência de seu cão. Entretanto, os benefícios de cada um deles são diferentes.

Então que dieta escolher
Todas as dietas tem vantagens não havendo razão para que você não alterne de uma para outra de acordo com modismos e caprichos de seu animal de estimação. Se você perceber que um certo tipo foi bem aceito pelo cão, e que não houve nenhum incoveniente, permaneça com ela.

Lembre-se de preparar um alimento fresco e sirva-o em uma vasilha limpa. Água fresca e limpa deve sempre ser deixada à disposição do cão. O ideal é dividir as necessidades nutricionais e alimentar o animal de 2 a 3 vezes por dia. Nutrição não é tudo; que tal deixar seu cão começar o dia de estômago cheio e ir dormir também de estômago cheio? É recomendável dar a refeição uma hora antes de dormir.

Animais alimentados somente durante a noite suplicam alimento o dia todo e são inquietos, e os que são alimentados durante a manhã suplicam janta e choram durante a noite, portanto para minimizar esses problemas o melhor é uma alimentação pela manhã e uma pela noite que também previne a dilatação gástrica aguda e vólvulos e torções.

Uma outra novidade são os novos alimentos criados para reduzir os danos causados ao material genético e que estão vinculados às doenças do envelhecimento, causadas pelos radicais livres. Alimentos que contêm antioxidantes, como a vitamina C e E e certos aminoácidos neutralizam eses processos químicos indesejáveis. Foi descoberto em estudos clínicos que os danos genéticos poderiam ser reduzido em até 26%, comparando-se aos cães em uma dieta convencional. Portanto, muito em breve, a escolha da dieta correta poderá representar mais anos de vida para o melhor amigo do homem.

Fonte: David Taylor, Ultimate dog

Filed Under: